Quais são as Sete Artes?

Sendo o Cinema a Sétima Arte, quem nunca se questionou sobre as restantes seis?

Efetuar esta pergunta a alguém associado à área artística representa enveredar num emaranhado de respostas pouco hegemônicas. Apesar da dificuldade em obter uma resposta satisfatória, um dado é autêntico: o cinema é apelidado de Sétima Arte, pois antes do seu nascimento eram reconhecidas seis artes. Mas quais?

Dos quatro pilares nos quais assenta a cultura humana (Arte, Mística, Filosofia e Ciência), a Arte é muito provavelmente a mais antiga a ser regularmente praticada pela Humanidade. A constatação é verificada entre os animais, quer nos seus cânticos ou inclusive nas peculiares pinturas feitas pelos primatas.

As matérias lecionadas nas escolas medievais eram representadas pelas chamadas Artes Liberais, decompostas em Trívio (Gramática, Retórica e Dialética) e Quatrívio (Aritmética, Geometria, Astronomia e Música). Juntas formavam as Sete Artes Liberais. Como é possível constatar, as Artes da Idade Média nada têm a ver com as Sete Artes do Século XX.

As Sete Artes são consideradas a Música, a Dança, a Pintura, a Escultura, a Literatura, o Teatro e o Cinema. Não existe uma hierarquia basilar (apenas o cinema ocupa uma posição conhecida, a Sétima), no entanto cada pessoa pode tentar ordená-las. Para mim a Música é a primeira, pois até no mundo animal ela é executada desde os primórdios. A Dança é praticamente indissociável da Música, logo virá em segundo. Após o aparecimento do Homo Sapiens, como as formas de expressão eram majoritariamente tácteis surgiu a Pintura e a Escultura. Na quinta e sexta posições teremos a Literatura e o Teatro, respectivamente. A Sétima Arte é o Cinema. Olvidar a ordenação das Artes gerou uma estranha e até absurda constatação. A oitava e a nona Artes são respectivamente, a Fotografia e a Banda Desenhada. Como poderá a Fotografia estar após o Cinema, se o Cinema surgiu por curiosidade para dar movimento às fotografias? Será que a ordem não deverá ser cronológica? Será um simples desmazelo da Humanidade, ignorar a disposição das suas Artes?

Aprecio todas as formas de Arte, no entanto o cinema é a minha predileta – sendo uma Arte jovem, com pouco mais de 100 anos. O cinematógrafo foi inventado pelos irmãos Lumière para dar movimento às coisas paradas. A base realista do Cinema era assim criada. Depois surgiu George Méliès e em função da sua grande imaginação a Sétima Arte tomou um novo rumo, ganhou uma perspectiva ambiciosa. Ele forneceu a base fantasista, sendo o primeiro inventor de ficções cinematográficas. A sua idéia era transformar os sonhos das pessoas em imagens animadas na grande tela. Para completar as três fundamentais fases do Cinema veio Max Linder, que iniciou o cômico. Linder é considerado a primeira Personagem-Caráter do cinema. Charles Chaplin chamou-o várias vezes de Mestre, confessando que foram as películas de Linder que o levaram a fazer os seus próprios filmes. Linder confessou mais tarde de uma forma modesta que foi ele quem aprendeu realmente com Chaplin.

Um bom número de pseudo-intelectuais da tanga afirma que o Cinema em particular e a Arte em geral são tudo aquilo que não possui valor prático. Pois então o que será prático? Vivermos completamente alienados por materialismos absurdos, quais seres néscios olvidando a genuína consistência existencial? A Arte toca-nos a todos, pois somos entidades emocionais. A Arte é uma forma de expressar emoções supra pessoalmente. Quem nunca apreciou um determinado filme ou música? Quem nunca contemplou ou viveu um momento sublime e foi atiçado pela vontade de imortalizá-lo?

O pintor espanhol Pablo Picasso expressava que “a Arte varre da Alma o pó do quotidiano”. O Cinema como forma de Arte tem a excepcional capacidade para nos entreter, divertir e distrair da desenfreada Humanidade zumbi que se encaminha para o vazio espiritual. Ingressamos numa sala escura, e somos inebriados por todas aquelas imagens e sons, universos quiméricos, mágicos. Aí a verdadeira imagem artística surge dentro de cada um, ela dialoga todo o tempo com o nosso inconsciente. A Arte enriquece espiritualmente. A Arte é a representação do belo, tem a virtuosidade para atingir a alma do espectador, expondo suas paixões, frustrações, desejos, inquietações. Murmura os seus segredos mais íntimos numa linguagem que só ele compreende.

Autor original: Francisco Mendes

18 Comentários»

  costadessouza wrote @

Muito bom artigo, Atila! Gostei do seu blog. Estava à procura de algo para ler a respeito de arte, assunto que precisa ser mais discutido na sociedade ocidental atual, e gostei deste texto. Só pra esquentar a discussão, pra mim as melhores artes são as artes visuais (pintura e escultura), porque podem ser compreendidas de uma só vez, mostrando que são mais adaptadas à compreensão humana. Tocam as pessoas diretamente, porque a visão é nosso sentido mais desenvolvido.

abraço

  Vânia wrote @

Átila , confesso que estou completamente abobada com o artigo acima.
Vc abordou o assunto de forma clara , inteligente e objetiva.
Parabens.Achei sensacional.
Há carência de materias interessantes assim.

Parabens mesmo.

Vânia

  Olavo wrote @

Átila, interessante a forma que abordou o assunto, gostaria de ressaltar, que a arte é a expanção do conhecimento humano e a música a arte da memória que surgiu com Mimenosis, se não estou enganado. O debate a respeito do sentido da arte, deveria ser assunto de pauto do Planalto, pois é um dos Mercados que influencia toda um economia indireta, acho que só perde para as de Energia, além doque, se não existisse a música, não teriamos som em carros…etc…etc.
E reconheçø que a função da arte é para desfocar a realidade, aflorar os sentimentos…. ta bom neh
Abraços
Olavo

  Priscila Anversa wrote @

Bacana a maneira como você escreve, a pesquisa inserida em sua fala. Porém, arte não é representação [da realidade], mas a presentificação da mesma. Muito menos a representação do belo, salvo o caso de nos reportarmos ao período greco-romano ou à renascença…Mas estamos na pós-modernidade, e existe muita arte feita a partir do feio, do lixo, etc…Assim, arte é muito mais abrangente do que a mera representação do belo…

  atilareal wrote @

Olá Priscila, em primeiro lugar, quero te agradecer pelo comentário e pelo elogio. Na verdade nao sou uma autoridade no assunto, apesar de ser músico e escritor. Não sei nada sobre história da arte, etc. Portanto, estou propenso a concordar com voce em tudo que voce disse. Visitei tambem seu blog e achei muito bacana. Aproveito pra te convidar a conhecer um pouco sobre meu livro. Encontre nos posts o atalho para o arquivo. Abraço

  Quais são as Sete Artes?? « Elton Cesar Blog wrote @

[...] Quais são as Sete Artes?? Quais são as Sete Artes? [...]

  Nemo wrote @

Este texto na verdade é de Francisco Mendes, do extinto blog pasmosfiltrados. Foi copiado e não foi dado o devido crédito.

  atilareal wrote @

Caro leitor do meu blog, obrigado pelo seu comentário.
Em primeiro lugar peço desculpas pelo ato falho de não ter dado o devido crédito ao autor do texto citado.
Porém, em nenhum momento eu me apoderei do texto, dizendo ser meu.
Penso que o mais importante, independente do autor, é a informação compartilhada.
de qualquer maneira, vou incluir o nome do autor no post. Obrigado pela informação.

  Luiz wrote @

Muito bom o artigo. Será de grande proveito para meus trabalhos.

  Luara wrote @

Muiito bom pra queiin fez iiso ,Esse comentáriio kêe escreveram ,eu copiiei iiso para fazer trabalho ..Foii ótiimo pegar de vx kêe escreveu iiso aii .. Tahh !!? Ameii mtmtmtmt ,,,,

  nando wrote @

vc tambem não acha que a gastronomia, tam bém seria uma arte,

  atilareal wrote @

Amigao, concordo plenamente. e digo mais: assim como revisaram as maravilhas do mundo, deveriam revisar as artes. Dessa forma teríamos a chance de incluir coisas que ficaram de fora, como a culinária, e coisas mais modernas como os computadores. Abraço e obrigado pelo comentário!

  Gonçalo dos Reis Torgal wrote @

Forjaz de sampaio considera a GASTRONOMIA a 9ª Arte!! Qual sacamos da 8º e 9ª? Ou temos 10 e a BD é a 10ª?

Gostei do Seu artigo.

  atilareal wrote @

Obrigado amigo pelo comentário!

  jose wrote @

Também poderíamos colocar as artes marciais, afinal um mestre pode criar o seu próprio estilo de luta.

  mariana wrote @

um grafite

  nnnnnn wrote @

hum legal

  juvencio navaia wrote @

e a novela em que arte se encontra. assim como o humor


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: